Horta


COMPOSTAGEM E HORTA

Nossos pequeninos precisam sempre vivenciar o todo de uma atividade.

Não são necessárias explicações intelectuais ou jogos artificialmente criados para que ensinemos às crianças o que é o começo, o meio e o fim de algo. Como se pode transformar algo para ver um resultado; ou como, com as mãos, eu posso transformar e criar.

Um grande exemplo para isso é o trabalho na terra, realizado semanalmente.

A composteira recebe as cascas e sementes do lanche e as crianças acompanham como, aos poucos, tudo vai se transformando em fértil húmus.

Ajudados pelo trabalho de equipe entre crianças e minhocas, as cascas viram terra que é peneirada, colocada nos canteiros, revirada e pronto! Já está preparado o terreno para receber a nova semente ou a muda. Hortaliças e temperinhos são plantados, regados, cuidados e depois colhidos pelas delicadas mãos. Pode-se fazer então uma salada gostosa para o lanche, um pão com ervas e tudo o mais que nossas ideias trouxerem.

O trabalho da horta nos ensina o cuidado, o desvelo e a constância, pois é preciso preparar a terra, plantar, regar, tirar ervas daninhas, ou seja, estar atento a nossa plantação.