Histórias


HISTÓRIAS

Após brincar dentro da sala, fazer a atividade proposta para o dia, fazer a roda rítmica, lanchar e brincar no pátio livremente, com jogos e brincadeiras conduzidas, acontece o fecho da manhã com um momento especialmente mágico.

As crianças entram na sala e sentadas em roda,  e com as cortinas fechadas – criando um ambiente de aconchego – ouvem atentamente a “Kantele” que a professora toca, acendem uma vela e estão prontas para ouvir a história.

As histórias do maternal são curtas e rítmicas, muitas vezes acompanhadas de uma brincadeira de dedos ou gestos que as ilustrem.

Já no “Jardim”, os contos de fadas, especialmente os dos irmãos Grimm, são os escolhidos para as crianças. A fantasia delas é estimulada através da riqueza dos detalhes passados pela professora.

Por isto as crianças amam e necessitam deste mágico momento. Cada imagem de conto traduz sentimentos, passagens, conflitos e soluções de nosso instinto.

As histórias são contadas repetidas vezes, até 3 ou 4 semanas, dependendo do conto escolhido. Isto faz com que a criança interiorize e até memorize palavras e que consiga deixar-se penetrar cada dia mais pelos conteúdos.

Os contos acompanham as “épocas” do ano e são cuidadosamente escolhidos pela professora para a sua sala, levando em consideração a estação, uma situação ou época específica. Cada professora  pode escolher pra suas crianças uma história diferente da que as crianças de outra sala estão ouvindo.

As histórias são sempre contadas sem interpretação e exageros, mas com voz suave, calma e pausada, a fim de criar o ambiente caloroso, envolvente, acolhedor, amoroso e harmonioso para o final da manhã.