Desenho Livre


O DESENHO LIVRE

Ao entrar na sala, a criança já verá a sua disposição papel e giz de cera. Para a educação infantil, os lápis usados são “tijolinhos” que possibilitam a fluidez no desenho. Algumas crianças já gostam de sentar e desenhar assim que chegam, outras preferem brincar e depois expressar algo no papel.

O momento é livre e as crianças adoram sentar juntas e elaborar seu desenho. Gostam de olhar o que cada um faz e alguns contam com prazer o que retratam. Muitas expressam aquilo que a vivência do ano está fazendo a eles.: Páscoa, Primavera, Micael, Natal, são fortes temas que povoam estes desenho.

Através de observação dos desenhos das crianças, a professora pode perceber o quanto a criança está madura em seu desenvolvimento neuro-psico motor. Cada elemento conquistado no desenho, ou ainda os detalhes, a  estrutura, a forma, a percepção espacial, os diferentes planos, a composição, as cores, a produção de cores através de misturas, tudo pode ser analisado para se perceber como está o desenvolvimento da criança.

Com isso, não somente a criança manifesta toda sua beleza interior ao desenhar, mas oferece mais um instrumento para que o professor possa conhecê-la e verificar se necessita ajuda.