Colocamos a mão na massa

COLOCAMOS A MÃO NA MASSA


Como adultos podemos aprender sobre algo ouvindo, lendo, vendo… mas para que nos apropriemos, é necessário executar o que ainda é em nós a teoria.

As crianças, mais do que aprender , precisam “apreender”. Para conhecerem algo, precisam vivenciar de forma intensa e integral.

Para elas, é necessário o “Fazer”. Só fazendo a criança do 1º setênio se apropriará do conhecimento. Não existe o aprendizado verdadeiro através somente de explicações, conceitos e teorias. Isto é abstrato para elas. Por mais interessantes e completas que possam parecer determinadas explanações, para nós adultos, a criança só vive por inteiro, compreende e incorpora aquilo que experimenta com todo seu ser.

Ela interioriza seus conhecimentos misturando ingredientes, amassando com prazer um pão ou mesmo esculpindo algo no barro com suas mãozinhas.

Estes serão aprendizados e vivências para toda a vida.

Dentro desta visão antroposófica do “Ser”, e especialmente da Criança, todo o tempo ela é estimulada a usar suas mãos e através do que faz e cria “aprender o mundo”.

“Aprende” não para acumular conhecimentos como um tesouro pessoal, mas para colocar o aprendido a serviço do mundo.”   Rudolf Steiner


nossas atividades:

O pão e a culinária

As crianças pequenas aprendem com a imitação, o fazer, a imagem e o movimento.

> leia mais

Compostagem e Horta

Nossos pequeninos precisam sempre vivenciar o todo de uma atividade.

Não são necessárias explicações intelectuais ou jogos artificialmente criados para que ensinemos às crianças o que é o começo, o meio e o fim de algo. Como se pode transformar algo para ver um resultado; ou como, com as mãos, eu posso transformar e criar.

> leia mais


Arrumação da sala

O brincar livre que possibilita a criação de infinitas possibilidades e divertimento e que desloca para todo e qualquer canto da sala, brinquedos, tocos de madeira, panos e sementes, precisa ser amorosamente interrompido quando se aproxima a hora do lanche.

> leia mais


Lanche

Depois da “Arrumação” e da “Roda Rítmica” é hora de lavar as mãos, pois todos se preparam para lanchar.

> leia mais

ALGUMAS FOTOS